Atividades

Contos de Natal: as melhores histórias para as crianças

Chegou a altura do ano mais esperada pelas crianças: o Natal! As ruas estão iluminadas, as casas enfeitadas e toda a gente já só pensa na noite mais mágica do ano.

Mas enquanto esta não chega, e para entrar no espírito natalício mais cedo, deixamos-lhe 3 contos de Natal que vão fazer as delícias dos mais novos!

Junte toda a família ao pé da lareira, ao sabor de um chocolate quente e música natalícia, e conte-lhes as lendas da Vela de Natal, do Sonho do Pai Natal e do Pinheiro de Natal.

A Vela de Natal

Lenda de origem austríaca
Autor desconhecido

Era uma vez um sapateiro pobre que vivia numa cabana, perto de uma aldeia. O sapateiro gostava de ajudar os viajantes que passavam junto à sua casa durante a noite, por isso deixava sempre uma vela acesa na janela da casa para lhes iluminar o caminho. Certo dia, começou uma grande guerra que fez com que todos os jovens partissem, deixando a aldeia muito pobre e triste. Mas ainda assim, o pobre sapateiro continuava a acender a sua vela, cheio de bondade e esperança. Ao verem isto, as pessoas da aldeia decidiram imitá-lo e, na noite de véspera de Natal, todos acenderam uma vela nas suas casas, iluminando assim toda a aldeia. À meia-noite, os sinos da igreja começaram a tocar, anunciando a boa notícia: a guerra tinha acabado e os jovens regressavam às suas casas! Todos gritaram: “É um milagre! É o milagre das velas!”.

A partir daquele dia, acender uma vela na véspera de Natal tornou-se tradição em quase todas as casas.

A história do sonho do Pai Natal

Autor: José Jorge Letria

Certa noite, enquanto dormia, o Pai Natal teve um bonito sonho: era véspera de Natal e todos estavam felizes! Ninguém estava sozinho… Todos tinham família e uma casa com a mesa pronta para a ceia de Natal, onde não faltava comida farta e deliciosa. Não havia pobreza, nem ódio, nem guerras. Todos eram amigos e não havia brigas, palavrões nem má educação… Havia amor, compreensão e carinho entre todos.

As pessoas que se encontravam nas ruas, a caminho de casa, cantarolavam alegremente músicas de Natal, levando os últimos presentes para colocar no pinheiro. O Pai Natal não conseguia deixar de sorrir, ao ver o mundo cheio de paz, amor e harmonia!

Quando o Pai Natal acordou e viu que tudo não passava de um sonho, ficou muito triste. Afinal, só algumas pessoas no mundo eram felizes, capazes de celebrar o Natal em alegria e paz com os seus, de terem um lar, comida, roupa e amor. Perante esta situação, o Pai Natal declarou em voz alta: “terei de continuar a ajudar as crianças e os adultos a terem um Natal realmente feliz! Vou preparar as renas e o meu trenó, para enchê-lo com presentes e distribuí-los esta noite, de modo a que, pelo menos uma vez por ano, haja alegria no coração de todos nós!”

Quando viu os sorrisos das crianças e dos pais ao verem os seus presentes, o Pai Natal decidiu manter esta tradição. E é por isso que, ano após ano, o Pai Natal continua a cumprir a sua tarefa, até que um dia possa ver o seu lindo sonho totalmente concretizado.

A lenda do pinheiro de Natal

Autor: Jean-Baptiste Poquelin Molière

Há muito, muito tempo, na noite de Natal, existiam três árvores junto do presépio: uma tamareira, uma oliveira e um pinheiro. Ao verem o Menino Jesus nascer, as três árvores quiseram oferecer-lhe um presente. A oliveira foi a primeira a oferecer, dando ao Menino Jesus as suas azeitonas. A tamareira, logo a seguir, ofereceu-lhe as suas doces tâmaras. Mas o pinheiro, como não tinha nada para oferecer, ficou muito infeliz. As estrelas do céu, vendo a tristeza do pinheiro, que nada tinha para dar ao Menino Jesus, decidiram descer e pousar sobre os seus galhos, iluminando e enfeitando o pinheiro. Quando isto aconteceu, o Menino Jesus olhou para o pinheiro, levantou os braços e sorriu! Reza a lenda que foi assim que o pinheiro – sempre enfeitado com luzes – foi escolhido como a árvore típica de Natal.

Sobre o Rodinhas

O Rodinhas é uma empresa de transporte de crianças pertencente ao Grupo Salvador Caetano. Foi criado em 2007 para efetuar todo o tipo de transporte escolar e transporte de crianças em qualquer momento, respondendo às necessidades das famílias portuguesas.

O Rodinhas está presente nas Áreas Metropolitanas do Porto e de Lisboa e preparou as suas carrinhas para crianças de todas as idades, com as cadeirinhas de bebé ou assentos para criança corretos, para além de uma vasta equipa de motoristas profissionais que transportarão os pequenos passageiros com toda a segurança.

Queremos que tenha a melhor experiência no nosso site e para isso utilizamos cookies. Poderá sempre gerir quais os dados que quer partilhar connosco. Caso decida continuar sem personalização, iremos assumir que aceita a utilização de cookies recomendada.

Gerir cookies